Agefis retoma derrubada de casas em áreas de risco no Sol Nascente

0
155

Operação acontece está esta sexta-feira, no Trecho 3. Objetivo é retirar 42 famílias do local, disse agência.

derrubada

Servidores do GDF durante operação de derrubada de casas em área de risco (Foto: Dênio Simões/Agência Brasília)

A Agência de Fiscalização do Distrito Federal (Agefis) retomou a derrubada de casas em áreas de risco no Trecho 3 do Setor Habitacional Sol Nascente, em Ceilândia, nesta terça-feira (23). No primeiro dia foram demolidas 21 edificações e retiradas 11 famílias. O objetivo é retirar até sexta 42 famílias cadastradas na Codhab e que já apresentaram a documentação exigida para recebimento de lote no Trecho 2.

Das 105 casas na Chácara 6, seis já foram removidas em 4 de fevereiro. Os proprietários de todas as unidades foram notificados pela Agefis por estarem em local de risco, próximo a uma erosão, de acordo com levantamento da Subsecretaria de Proteção e Defesa Civil.

A Secretaria do Trabalho cadastrou os moradores para o recebimento do auxílio-aluguel ou do auxílio-vulnerabilidade, dependendo do caso. Alguns já iniciaram a construção das novas residências.

Antes da transferência definitiva para os lotes no Trecho 2, as famílias poderão usar esses auxílios ou se hospedar em casas de parentes. O auxílio-vulnerabilidade é de R$ 408 e pode ser recebido por até seis meses. Já o auxílio-aluguel é de R$ 600, válido por até 12 meses.