Alianças se acirra de olho no tempo da propoganda eleitoral

0
346

Os candidatos ao Governo do Distrito Federal já começaram a formar alianças e articular coligações para a disputa deste ano. Mas eles só terão acesso a uma das mais poderosas armas eleitorais a partir de 19 de agosto. Essa é a data de início da veiculação da propaganda na televisão e no rádio.

Cientes da força da imagem nos meios de comunicação, os partidos estão focados em aumentar o tempo disponível por meio de uniões. Algumas das legendas com mais tempo de tevê ainda não decidiram qual caminho seguirão este ano e têm sido cortejadas por vários pré-candidatos.

A propaganda poderá ser veiculada entre 19 de agosto e 2 de outubro. Os programas serão transmitidos duas vezes por dia e cada um terá 25 minutos. No caso da televisão, os partidos poderão mostrar seus programas de governo das 13h às 13h25 e das 20h30 às 20h55. Já no rádio, a apresentação será transmitida das 7h às 7h25 e das 12h às 12h25. A publicidade oficial dos candidatos ao governo será exibida às segundas, quartas e sextas-feiras.

A coligação do governador Agnelo Queiroz (PT) e do vice Tadeu Filippelli (PMDB) é a mais forte no quesito aparição na tevê. Como o espaço na propaganda eleitoral está relacionado ao tamanho das bancadas das siglas na Câmara dos Deputados, petistas e peemedebistas se encontram confortáveis quanto ao tempo. O PT é o primeiro no ranking dos partidos com maior número de deputados e, portanto, é a legenda com mais espaço na tevê e no rádio: serão 3 minutos e 3 segundos. O PMDB aparece na sequência, com 2 minutos e 34 segundos garantidos.