Benedito Domingos conseguiu suspensão até decisão em 2ª instância

0
379

O processo de cassação do deputado Benedito Domingos (PP) por quebra de decoro parlamentar foi paralisado pela Mesa Diretora da Câmara Legislativa do Distrito Federal. A ação foi interrompida porque o distrital conseguiu na Justiça a suspensão da decisão em primeira instância que o condenou por improbidade administrativa.

Com o efeito suspensivo, a Mesa Diretora vai aguardar a decisão da Justiça em segunda instância para enviar o caso à Corregedoria da Casa. A paralisação foi publicada no Diário Oficial da CLDF desta sexta-feira (30).

Benedito Domingos foi condenado pelo TJDFT, no início de julho, a devolver R$ 28,8 milhões aos cofres públicos por suposto envolvimento com o esquema de corrupção que ficou conhecido como mensalão do DEM.

Há cerca de duas semanas, os deputados Rôney Nemer e Aylton Gomes, que também têm condenações em primeira instância por suposta participação no mensalão do DEM, conseguiram suspender a decisão da Justiça até o julgamento em segunda instância e tiveram os processos de cassação paralisados pela Mesa Diretora da Câmara Legislativa do DF.

De acordo com o Ministério Público, os três deputados receberam dinheiro para fazer parte da base aliada do governo e para apoiar a candidatura de José Roberto Arruda ao governo do DF.