"Brasília não será refém do medo", diz agnelo

0
218

O governador Agnelo Queiroz repudiou, hoje, durante a solenidade de inauguração da DF-451, em Brazlândia, a operação “Tartaruga”, deflagrada pela Polícia Militar, que tem contribuído para o aumento da criminalidade nos últimos dias.

 “A categoria tem todo o direito de reivindicar. O que não pode é colocar em risco a vida da população. O Governo do Distrito Federal vai tomar todas as medidas necessárias para que Brasília não se torne refém do medo”, frisou o governador.

 A operação “Tartaruga” é um movimento reivindicatório dos militares por melhorias salariais. No entanto, o processo de negociação deu lugar, neste mês, à lentidão nos trabalhos e, em casos extremos, ao não atendimento de ocorrências, o que tem deixado os moradores do Distrito Federal apreensivos.

 Diante da situação, Agnelo tem dialogado diariamente com a equipe de governo para solucionar esse impasse e inclusive identificou que o movimento não reflete o pensamento de toda a corporação da Polícia Militar do Distrito Federal.

 “Eu tenho certeza que o que está ocorrendo é fruto de uma ação muito pequena, com interesses políticos, e não da maioria da corporação, que tem compromisso com a nossa população”, finalizou.