Câmara convoca comandante da PM para explicar prisões

0
245

A Câmara Legislativa do Distrito Federal convocou o comandante-geral da Polícia Militar, Anderson Castro, para explicar a prisão de 14 militares supostamente envolvidos com a operação tartaruga. Ele, o corregedor da corporação, Civaldo de Jesus, e o comandante do Corpo de Bombeiros, Júlio dos Santos, devem prestar depoimento na próxima terça-feira (18), às 10h.

O pedido de explicação partiu do deputado Patrício (PT) durante a primeira reunião da Comissão de Segurança. “Eles precisam explicar à sociedade a prisão arbitrária dos policiais militares que foram recolhidos à Papuda”, disse.

Os quatro PMs que continuavam presos foram liberados no sábado. De acordo com a corporação, os 14 policiais foram detidos em fevereiro por suspeita de crimes militares, como incitação à desobediência, desrespeito a superiores diante de outros militares, recusa em obedecer ordens e publicações indevidas. Todos estão respondendo a processos administrativos.