Casa Branca confirma que Obama se reunirá com dissidentes em Cuba

0
296

A agenda não prevê encontro entre o presidente americano e Fidel Castro

Raúl Castro e Barack Obama se encontram na Cúpula das Américas, no Panamá - 11/04/2015

Raúl Castro e Barack Obama se encontram na Cúpula das Américas, no Panamá – 11/04/2015(Jonathan Ernst/Reuters)

A Casa Branca confirmou nesta quinta-feira que o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, se encontrará com dissidentes cubanos críticos ao regime castrista durante a histórica visita do líder americano à ilha comunista em março. Além do encontro com dissidentes, Obama vai se reuniur com o ditador cubano, Raúl Castro, em uma visita para “fazer avançar nossos progressos e esforços que podem ajudar as vidas dos cubanos”, segundo a Casa Branca.

Um encontro entre o o presidente americano e Fidel Castro, no entanto, não deve acontecer. “Não esperaria um encontro com Fidel Castro. Raúl Castro é o presidente de Cuba e Obama se reunirá com o presidente Castro”, afirmou nesta quinta em entrevista coletiva Ben Rhodes, assessor adjunto de segurança nacional da Casa Branca. A visita, a primeira de um presidente americano a Cuba em 88 anos, acontecerá nos dias 21 e 22 de março.

 

Obama viajará acompanhado de sua mulher, Michelle, com quem se deslocará posteriormente à Argentina, onde a família presidencial completa, incluindo suas filhas Malia e Sasha, realizará uma visita nos dias 23 e 24 de março.

Reaproximação – A viagem de Obama acontecerá 15 meses depois que ele e o presidente Raúl Castro anunciaram sua intenção de restabelecer relações após 50 anos de inimizade; um processo que já resultou em marcos como a abertura formal de embaixadas e dois encontros entre os dois presidentes.

(Com agência EFE)