Cassação de Raad será votada nesta quarta

0
260

A Mesa Diretora da Câmara Legislativa doDistrito Federal marcou para esta quarta-feira (30) a votação do processo de decoro parlamentar do deputado distrital Raad Massouh (PPL), investigado por suposto desvio de verba parlamentar. A decisão foi tomada nesta terça-feira (29).

A votação está prevista para começar às 15h e será secreta. Embora o regimento interno da Câmara permita votação aberta, a constituição veta esse tipo de análise em processos de cassação de parlamentares.

Raad Massouh é suspeito de desviar parte da verba de emenda parlamentar destinada à realização do 1º Festival Rural Ecológico de Sobradinho, em 2010.

O deputado afirmou que já foi notificado e que deseja que a votação aconteça rapidamente para poder provar sua inocência. “Quero que seja julgado, sei que sou inocente. Pela primeira vez está passando um processo de cassação de deputado que não responde a nenhum processo na Justiça. Não sou réu e nunca fui”, disse.

“Não quero protelar, quero que a coisa caminhe. Está nas mãos de Deus. Quero que a verdade seja esclarecida”, afirmou.

No último dia 10 de setembro, Raad conseguiu a suspensão do processo de cassação por quebra de decoro parlamentar na CLDF até a decisão colegiada na Justiça, que aconteceu no dia 22 de outubro.

O pedido foi feito com base na decisão sobre os processos de quebra de decoro dos deputados Benedito Domingues (PP), Rôney Nemer (PMDB) e Aylton Gomes  (PR), que já foram condenados em primeira instância pelo Tribunal de Justiça. As ações contra eles na Câmara Legislativa foram suspensas até que um colegiado de juízes decida sobre os casos