Chip cerebral promete recuperar memória

0
329

A DARPA, agência americana que cuida de projetos militares, está desenvolvendo um chip que promete devolver memória a pessoas que tenham sofrido algum tipo de déficit, assim como a possibilidade de escolher partes específicas das lembranças perdidas, que poderiam, então, ser apagadas. Complexo demais?

O intuito do projeto é ajudar na recuperação de quase 300 mil soldados que sofreram danos cerebrais após as guerras do Iraque e Afeganistão, mas as aplicações podem ser variadas, num segundo estágio, combatendo os males de Alzheimer e Parkinson e doenças que causem convulsões crônicas. Isso porque alguns tipos de ferimentos podem afetar a memória motora, dificultando a execução de tarefas simples no dia a dia, como amarrar os sapatos, escovar os dentes ou vestir uma camiseta.

Nos EUA, ao menos 1,7 milhão de pessoas são diagnosticadas com perda de memória todos os anos, custando ao país mais de US$ 76 bilhões anualmente. Por enquanto, ainda não há previsão de disponibilizar comercialmente o chip em desenvolvimento.

Fonte: Olhar Digital