Contrato de totens de publicidade com DER pode ser suspenso

0
357

Os totens de publicidade que apareceram recentemente na cidade devem ser retirados em breve. O líder do bloco PT/PRB na Câmara Legislativa, Chico Vigilante (PT), disse ontem que o contrato com a empresa Embrasil-EU com o Departamento de Estradas de Rodagem (DER) será suspenso. Segundo o parlamentar, a garantia foi dada pelo diretor-geral do órgão de trânsito, Fauzi Nacfur.

Na terça-feira última, Vigilante e Nacfur conversaram por telefone após um pronunciamento do político no plenário da Câmara, no qual demonstrou ser contrário à instalação dos equipamentos. “Esses equipamentos são de extremo mau gosto e são perigosos. Aquelas pontas podem machucar alguém. Falei com o Fauzi e ele me disse que suspenderia o contrato”, informou o petista.

O dono da Embrasil-EU, Samir Astassie, negou que o contrato com o DER tenha sido suspenso. “O que o deputado fez foi pedir, mas não está suspenso”, garantiu. Ele informou que adiantará para hoje a consulta ao Iphan. Mas, se confirmada a declaração do deputado Chico Vigilante, Astassie afirmou que recorrerá ao Judiciário para reverter a decisão.

O DER, no entanto, se limitou a informar em nota oficial que “está analisando a situação junto às entidades envolvidas para buscar a melhor saída em relação a esta questão”. No início do ano, a instituição concedeu autorização à Embrasil-EU para o uso da faixa de domínio de quatro rodovias distritais — 009 (Estrada Parque Lago Norte), 002 (Eixão), 011 (Estrada Parque Indústrias Gráficas) e 025 (Lago Sul). Às margens das faixas de rolamento, seriam instalados 178 painéis, a menos de R$ 27 mil por ano.

Fonte:  Correio web