Detran-DF suspende exames práticos de direção por tempo indeterminado

0
352

O Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF) informou na tarde desta quarta-feira (22) que, por causa da greve os instrutores de trânsito das autoescolas e dos centros de formação de condutores, os exames práticos de direção veicular estão suspensos por tempo indeterminado.

Segundo o Detran, 2,5 mil exames foram suspensos esta semana. Para a próxima semana, 600 testes já estavam marcados. Os exames teóricos estão mantidos, informa o órgão.

 O Detran informa que as autoescolas poderão voltar a marcar os exames de direção veicular a partir do retorno das atividades dos instrutores.

Reivindicação

 A greve dos instrutores começou na última segunda-feira (20). De acordo com o presidente do sindicato que representa a categoria, Antônio de Sá Viana, o impasse com os patrões está na reivindicação de pagamento de auxílio-alimentação.

 “Aceitamos o reajuste de 7,5%, desde que venha com o auxílio-alimentação, que baixamos de R$ 20 para R$ 18”, fala Viana.

Presidente da entidade que representa as empresas, Francisco Joaquim Loiola diz que as autoescolas não têm recursos para pagar o auxílio-alimentação. “Temos o piso salarial mais caro do país e uma das habilitações mais baratas”, argumenta Loiola.O sindicato das autoescolas afirma que, nas empresas mais caras, 20 aulas de direção e o exame custam R$ 400.
Para a comissão de negociação dos empresários, o pagamento do benefício não é viável no momento. O sindicato alega que, para dar o auxílio-alimentação, seria necessário aumentar o preço da carteira, o que levaria os alunos a procurarem autoescolas de Goiás.