Vítima de sequestro no DF, jovem caminha meia hora até ter ajuda

0
691

Um rapaz de 18 anos, vítima de sequestro-relâmpago no Distrito Federal, precisou caminhar cerca de 30 minutos na noite desta quarta-feira (20) até encontrar ajuda policial depois que foi liberado pelos criminosos.

A vítima foi rendida às 20h30 desta quarta, no estacionamento em frente a um hospital particular em Ceilândia Sul. O rapaz ia para casa depois de ter passado o dia com a mãe, que está internada.

Depois de ficar refém por aproximadamente 20 minutos, ele foi abandonado ainda em Ceilândia, na DF-180, pista que dá acesso a Santo Antônio do Descoberto. Segundo a polícia, o estudante caminhou por quase 30 minutos até perto da BR-070, onde conseguiu pedir ajuda.

O apoio veio dos policiais que estavam em uma barreira da Força Nacional de Segurança. Na delegacia, o estudante disse que não conseguiu ver os assaltantes porque foi obrigado a manter a cabeça baixa durante todo o tempo em que esteve com eles.

Os criminosos fugiram com o carro, dinheiro e documentos da vítima. O veículo havia sido localizado e ninguém tinha sido preso até a publicação desta reportagem.