Duplicação de avenida gera transtornos para motoristas e moradores

0
247

Obra de duplicação da Avenida JK, no Gama, iniciada em julho do ano passado, segue sem previsão para terminar. A terraplanagem, que já foi realizada, ficou prejudicada por conta das chuvas que caíram no DF no final do ano passado. Além disso, a terra da obra está sendo deslocadas para uma via conhecida como pistão sul. De acordo com a Novacap, responsável pela execução, chuvas constantes na região e postes de energia são fatores que prejudicaram o andamento do serviço.

A Novacap informou que o término da obra só acontecerá após dois meses do período chuvoso. Contudo, para evitar o acumulo de terra e brita devido as águas, a empresa, que executa a obra, irá fazer pequenas contenções e evitar danos maiores aos moradores da região.

Para a dona de casa, Cida Pereira, garante que a situação piorou após as chuvas. “Eles vieram e fizeram essa expansão da via, mas não terminaram. Já vi muitos carros furarem o pneu por conta de buracos provados pela chuva. Em uma semana, quatro pararam aqui na frente”, detalha.

A duplicação da avenida de aproximadamente três quilômetros custará mais de R$ 4 milhões. A Novacap informou também, que devido ao período chuvoso, a implantação do asfalto novo será prejudicada. “Como a base é de brita não temos como colocar os asfalto. Se colocarmos com a brita encharcada, o asfalto quebrará e causará outros transtornos”, explicou o chefe do Departamento de Infraestrutura Urbana, Jesus Nery de Castro.

O outro problema para execução da obra são os postes de alta tensão que estão no meio do caminho. De acordo com o Castro, a empresa que fará o remanejamento dos postes começou o serviço ontem (6) e terá o prazo de 90 dias para conclusão.