Ex-administrador de Ceilândia é condenado

0
511

O ex-administrador de Ceilândia, Leonardo Moraes e a ex-gerente de Licenciamento, Delvanda Conceição da Silva, foram condenados por improbidade administrativa no ano passado, mas foi apenas nesta quarta (25), que a justiça determinou a prisão dos réus.

Segundo o Ministério Público do DF, os condenados atenderão a pedidos do ex-governador José Roberto Arruda, emitindo um alvará fugindo das normas,  para construção do campus de Ceilândia da Universidade de Brasília (UnB). O documento emitido sem licenciamento ambiental e os demais procedimentos necessários, trouxerão aos cofres públicos e ao meio ambiente um prejuízo irreversível.

Além da proibição de contratar o poder público, receber benefícios fiscais com ligação a créditos públicos, a justiça ordenou que os acusados deixassem seus cargos.

O pagamento da multa civil foi estabelecido em até 100 vezes ao da remuneração recebida durante o período de suas contratações.