Feira Tecnológica Destaca Investimentos em Mercados Tecnológicos Emergentes

0
297

Maior evento tecnológico trouxe como destaque a democratização do acesso à internet

A Mobile World Congress sempre foi a casa para grandes lançamentos, que daqui a alguns meses poderão estar no seu bolso. Nesta edição, porém, o Galaxy S5 e os anúncios de outras empresas dividiram a atenção dos visitantes e da imprensa para uma nova tendência, que vai além de sensores de batimentos cardíacos no smartphone ou resoluções 4K: a importância de investir em mercados emergentes ou até mesmo criar um novo nicho no qual, há 10 anos, poucas empresas apostavam.

O assunto desbancou inclusive a aquisição do WhatsApp pelo Facebook, assunto pouco comentado na palestra do fundador da rede, Mark Zuckerberg. A conferência trouxe mais detalhes sobre o projeto internet.org, uma união de várias companhias da indústria dos dispositivos móveis (Ericson, Opera, Qualcomm, Samsung e até a maior provedora de internet das Filipinas, Globe Telecom) para tornar a internet acessível a 3 bilhões de pessoas.

O discurso do criador do Facebook no anúncio da iniciativa foi ambicioso: “Tudo que o Facebook fez foi dar às pessoas ao redor do mundo o poder de se conectar. Existem grandes barreiras ao fazer países se conectarem e se juntarem à economia do conhecimento. Internet.org traz uma parceria global, que vai trabalhar para superar esses desafios, incluindo fazer com que a internet seja acessível para aqueles que atualmente não podem pagá-la”. Em Barcelona, Zuckerberg anunciou que, este ano, vai procurar mais três ou cinco companhias para trabalhar na resolução.

E se haverá internet, será preciso um meio para que as pessoas possam acessá-la. Assim, os países emergentes, que até 2017 dobrarão a renda da indústria tecnológica (como indica projeção da empresa de análise Ovum), também vão receber lançamentos exclusivos.