Filha foi estuprada durante 4 anos,pai suspeito está preso

0
373

A Polícia Civil do Distrito Federalprendeu na tarde desta segunda-feira (6) um homem de 34 anos suspeito de abusar sexualmente da filha de 13 anos. O abuso começou em 2009, quando a menina tinha 9 anos, segundo a polícia.Para chamar a atenção da família sobre a situação, a menina fazia cortes nos braços, disse o delegado Rogério Borges. Ele não soube dizer quando a menina começou a se ferir.Segundo a polícia, em fevereiro deste ano ela contou para a mãe sobre os abusos praticados pelo pai alegando que não aguentava mais o que estava acontecendo. A mulher procurou a Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente  no início de abril para denunciar o marido.O homem é borracheiro e técnico de ar-condicionado e abusava da filha quando a mulher estava no trabalho, informou a polícia. O casal, que vivia junto há 17 anos, tem um outro filho, de 11 anos. A mulher disse que o marido batia nela e tinha medo de fazer denúncia porque ele a ameaçava de morte.

A menina também relatou as ameaças do pai. “Ela apresenta um quadro depressivo grave. Não vai bem na escola e se autolesionava com objetos cortantes, possivelmente para chamar a atenção para o problema”, disse o delegado Rogério Borges.

Após a denúncia, a polícia encaminhou a menina para exames de corpo de delito, que comprovaram a relação sexual consumada, afirmou Borges.O delegado disse ainda que o casal teve uma briga em meados de abril, quando a mulher chamou a Polícia Militar. Dois dias depois, o suspeito fugiu para o Tocantins. Ele retornou a Brasília na semana passada. Durante esse período, a polícia obteve ordem judicial de prisão preventiva contra ele.A polícia decidiu não apresentar o suspeito à imprensa nesta segunda-feira  para preservar a criança. O homem vai ser encaminhado à Justiça e deve responder por estupro de vulnerável. A pena varia de 8 a 15 anos de prisão.