GDF anuncia aumento de 66% no piso salarial de médicos até 2015

0
492

O governador Agnelo Queiroz anunciou nesta quinta-feira (16) um aumento de 66% no piso salarial para médicos da rede de saúde pública e de 27,9% para o teto, que serão pagos gradualmente até 2015. O sindicato da categoria afirmou que o novo plano de cargos e salários é satisfatório.Atualmente, o piso salarial para médicos que trabalham 20 horas por semana é de R$ 3,9 mil. A partir de setembro de 2013, o piso será reajustado para R$ 5,4 mil e chegará a R$ 6,6 mil em 2015. O teto, em três anos, alcançará o valor de R$ 8,1 mil.

Médicos que trabalham 40 horas ganham atualmente um piso de R$ 8,8 mil e passarão a receber  R$10,8 mil em setembro de 2013. Em 2015, o piso salarial deste médicos será de R$ 13,2 mil e o teto chegará a R$ 16,2 mil.

Para o Sindicato dos Médicos do Distrito Federal, o novo plano de cargos e salários é satisfatório e vai melhorar a condição de trabalho de quem já está dentro da rede, mas é necessário realizar concursos públicos para resolver o problema da falta de profissionais.Segundo o governador, o objetivo do reajuste é atrair novos médicos e manter os que já estão contratados. De acordo com o Secretario de Administração Pública, Wilmar Lacerda, desde 2011 foram nomeados 2.800 médicos. Ele afirmou, no entanto, que apenas 50% permaneceram na rede devido ao baixo salário para início de carreira.