GDF exonera dez dos 38 secretários

0
354

O governo do Distrito Federal exonerou nesta sexta-feira (4) dez secretários de Estado, nove administradores regionais e o diretor-geral do DFTrans, Marco Antônio Campanella. De acordo com a assessoria do GDF, todos deixaram os cargos a pedido, para se candidatarem às próximas eleições. A informação foi publicada no Diário Oficial.

Com isso, Rejane Pitanga deixou a Secretaria da Criança, Olgamir Amancia deixou a Secretaria da Mulher, Newton Lins deixou a Secretaria de Assuntos Estratégicos, Carlos Seidel deixou a Secretaria de Desenvolvimento Social, Julio Ribeiro deixou a Secretaria de Esporte, Geraldo Magela deixou a Secretaria de Habitação, Eduardo Brandão deixou a Secretaria de Meio Ambiente, Sandro Avelar deixou a Secretaria de Segurança, Renato Andrade deixou a Secretaria de Trabalho e Rafael Barbosa deixou a Secretaria de Saúde.

Ao todo, o DF tem 38 secretarias. Alírio Neto, que era o titular da Secretaria de Justiça, já havia anunciado no início da semana que estava deixando o cargo pelo mesmo motivo.

Já nas administrações regionais, nove das 30 tiveram os responsáveis exonerados: Brasília,Guará, Cruzeiro, Lago Sul, Lago Norte, Candangolândia, Riacho Fundo II, Recanto das Emase Samambaia.

A exoneração atende ao prazo determinado pela Justiça eleitoral para que ocupantes de cargo público no Executivo se desincompatibilizem e possam se candidatar às eleições que ocorrem em 5 de outubro deste ano. O período máximo para deixar a função é de seis meses antes do pleito.

Fonte: G1