GDF expande salas e abre 1,8 mil novas vagas em centros de línguas

0
160

Aulas começam em 10 de março, mas inscrições só acontecem depois. Não houve contratação de professores; cursos são de inglês e espanhol.

22764577877_ebf2321980_b-e1448269039567-840x558

Centro de Línguas em Brasília (Foto: Reprodução)

Com investimento de R$ 260 mil na expansão de salas, a Secretaria de Educação do Distrito Federal abriu 1,8 mil novas vagas para os Centros Interescolares de Línguas (CILs). As aulas começam em 10 de março. As inscrições só acontecem depois.

As novas vagas são no Núcleo Bandeirante, Samambaia, Paranoá e São Sebastião. Até então, as regiões administrativas não contavam com nenhum centro. As unidades funcionarão dentro das escolas, oferecendo aulas de inglês e espanhol no período noturno.

“Na falta de recursos de abundância de recursos, você que usar a criatividade. Nós montamos esses centros de língua em espaços nas escolas no turno noturno a maioria deles, de tal maneira que pudéssemos propiciar essa oferta pra todos os alunos das regionais de Brasília”, disse o secretário, Júlio Gregório.

De acordo com a pasta, não foi feita nenhuma contratação. Os professores serão os mesmos que já dão aula nas outras unidades.