GDF inaugura serviço para exames cardiológicos à distância

0
507

Resultado do exame é analisado por médicos do HCor, em São Paulo.
Pelo convênio, hospital tem até meia hora para enviar o laudo ao DF.

O governo do Distrito Federal inaugurou nesta quarta-feira (13) o sistema de telemedicina em cardiologia no Hospital de Base de Brasília. Com a implantação do serviço, os pacientes realizam os exames na unidade de saúde e o resultado é enviado ao Hospital do Coração (HCor), em São Paulo. Os laudos ficam prontos em até meia hora.

A telemedicina é um serviço indicado para pacientes com pequenas alterações cardíacas como uma arritmia. O resultado do exame é enviado pela internet para o HCor, onde um especialista faz a análise do material e envia um laudo de volta para a unidade clínica onde o paciente se encontra.

A medida tem o objetivo de descentralizar os exames dos hospitais, diminuindo a fila na área de cardiologia. Com o sistema, médicos especialistas da rede no DF podem dar prioridade aos atendimentos de urgência, segundo a Secretaria de Saúde.

Para a implantação do sistema, serão investidos R$ 1,2 milhão por mês. De acordo com o contrato, assinado em dezembro de 2012, o Hospital do Coração tem até 30 minutos para enviar o laudo. Dependendo do resultado do exame, o paciente será encaminhado para as unidades que realizam o atendimento especializado, segundo a secretaria.

O serviço já está disponível em 70 unidades da rede, de acordo com o GDF. A previsão é que o sistema conte com 216 pontos de atendimento até o fim do ano.