Governador se reúne com cúpula de Segurança

0
282

O Governador Agnelo Queiroz (PT) convocou o comitê de segurança nesta quinta-feira (30) à noite para discutir que medidas serão tomadas para conter a onda de violência que atinge diversas regiões no Distrito Federal. Em meio à operação tartaruga deflagrada por policiais militares, a quantidade de homicídios e assaltos aumentou nos últimos meses.

A reunião da cúpula de segurança começou por volta das 20h30 no Palácio do Buriti e contou com a presença do secretário de Segurança do DF, Sandro Avelar, integrantes do alto escalão da PM e do Corpo de Bombeiros. Com Avelar, Agnelo conversou por cerca de duas horas num dos gabinetes do primeiro andar do palácio.

O secretário de segurança deixou o Buriti de carro, por volta das 22h30. Demais integrantes do comitê de segurança e o governador saíram cerca de uma hora depois.

Uma nova reunião foi marcada para esta sexta-feira (31) com integrantes do comando da corporação e da Secretaria de Segurança Pública, para discutir novamente que ações serão tomadas para tentar conter aumento da violência no DF.

A um dia do fim do mês de janeiro, o número de homicídios no DF subiu 38,7% em relação ao mesmo mês do ano passado. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública, 68 homicídios haviam sido registrados no DF entre o dia 1º e a manhã desta quinta-feira (30), 19 a mais que nos 31 dias do mesmo mês de 2013.

Sem reajuste salarial, PMs do DF deflagraram em outubro uma operação tartaruga, para cobrar reajuste salarial, reestruturação da carreira e pagamento de benefícios aos que estão em atividade e reformados. Eles dizem que só encerram o movimento quando o GDF negociar com a categoria.

(Foto: Reprodução)