Manifestação reune 5 mil pessoas em Brasilia

0
283

Os protestos começaram pacificamente pela Esplanada dos Ministérios, nesta quarta-feira (26/6), mas à noite a confusão começou. Parte das pessoas que estava no gramado do Congresso Nacional começou a jogar garrafas de água e cerveja nos policiais militares, que acabaram revidando com bombas de efeito moral e spray de pimenta.

Muitos foram dispersados do local, mas seguiram caminhando pela Esplanada, passando pelo Museu Nacional e pela Catedral Metropolitana. No final da noite, foram para a W3 Sul, onde uma nova confusão teve início. Vândalos tentaram se esconder no Shopping Pátio Brasil, mas acabaram detidos.

Até o fim da noite, pelo 40 pessoas já tinham sido presas, sendo 32 por tentarem entrar no Shopping Pátio Brasil, seis por desacato, um por dano ao patrimônio público e um por porte de dorgas.

Quatro policiais ficaram feridos: um caiu da moto, um machucou o tornozelo por causa de um rojão um levou uma pedrada no dedo e outro uma garrafada no peito.

Durante o dia, a Polícia Militar fez revista em bolsas e mochilas, e recolheu vinagre, o que gerou reclamação por parte de muitos manifestantes. Entre os presos, alguns portavam drogas, facas e alguns foram detidos por desacato.

Pacificamente, manifestantes chutaram bolas em direção ao Congresso Nacional e fizeram um abraço simbólico no Estádio Nacional Mané Garrincha.