Melhora quem realmente quer

0
335

Vejo acontecer mais esta triste situação com pacientes do sistema público de saúde, que não pagam pela consulta (na verdade pagam, em seus impostos, mas alguns parece simplesmente não valorizam nem o que pagam e nem sua própria saúde):

Paciente retorna cerca de 40 dias após consulta longa e orientações detalhadas sobre o que deveria fazer, ler e utilizar, em benefício da sua própria saúde. Mas:
– Só utilizou 1 dos 10 suplementos prescritos e não aponta motivo para isto;
– Ainda não foi a nutricionista, conforme indicado;
– Diz estar melhorando seus hábitos de vida MAS quando questionada sobre quais melhorou diz apenas que está tomando mais água… Sobre os demais, que sabe que “ainda tem que melhorar”
– Não leu os artigos do site, conforme orientado (sempre indico artigos e mesmo livros para todo paciente ler, dentro da sua conveniência e prioridades, para que ele mesmo compreenda melhor sua saúde e escolha como melhorá-la – acho fundamental que todo paciente seja participante bem esclarecido, ativo, no seu próprio processo de saúde!)
– Não leu adequadamente a prescrição que foi passada, já que nem sabe quais ativos pode retirar das fórmulas (se quiser mais baratas) com pouco prejuízo para sua eficácia (instruções escritas detalhadamente na receita)
– Pergunta se pode comprar hormônios de outra pessoa para usar em si, mesmo vendo que as doses e componentes são diferentes
– Demonstra que esteve desatenta na primeira consulta, já que pede novas explicações de como usar alguns suplementos, algo já orientado antes (e ao final da consulta sempre pergunto se o paciente entendeu tudo ou ainda tem alguma dúvida).
Sim, sei que “imprevistos” acontecem e que todos temos momentos de desatenção e dúvida: mas é fato que um paciente assim raramente consegue bons resultados – e não por culpa de quem o atende.

Boa semana para todos e NÃO sejam assim! Rrs

Isto deve ajudar em todo este assunto:
http://www.icaro.med.br/artigos/retorno-de-consultas-–-por-que-e-importante-e-como-proceder.html/