Motoristas de ônibus fazem greve no terminal de São Sebastião

0
336

Cerca de 300 motoristas que trabalham em linhas de ônibus do terminal de São Sebastião, no Distrito Federal, fizeram uma paralisação na manhã desta quinta-feira (20). Até as 7h30, nenhum veículo da empresa Rápido Brasília havia saído da garagem.

Os trabalhadores reivindicam FGTS atrasado, reajuste salarial, suspensão do desconto de multas e melhores condições de trabalho. Eles também reclamam da péssima condições dos veículos.

Segundo o motorista Jurandir Ribeiro dos Santos, a empresa deveria rodar com 120 ônibus, mas apenas 40 veículos operam a partir do terminal de São Sebastião. “Não temos prazo para acabar com a paralisação. Enquanto não for feito um acordo atendendo as nossas reivindicações nós não vamos  sair da garagem.”

Cerca de 200 pessoas, de acordo com a Polícia Militar, fizeram uma manifestação em apoio à greve dos motoristas. Os participantes do protestos fecharam a avenida São Sebastião, na entrada da região administrativa, pouco depois das 7h30.

O grupo aproveitou para protestar também contra a falta de investimentos na educação e na saúde, os altos gastos de dinheiro público com as copas do Mundo e das Confederações e em apoio à menifestações sobre a tarifa do transporte público em São Paulo.

sao-sebastiao