Mudanças na Rodoviária é marcada por confusão nesta manhã

0
277

A manhã do primeiro dia útil com as duas mudanças na Rodoviária do Plano Piloto foi de confusão, com passageiros e motoristas perdidos. Muitas pessoas que passaram pelo terminal nas primeiras horas desta segunda-feira (10/3) reclamaram da falta de informação sobre a troca de paradas de ônibus. O desvio, iniciado no domingo (9/3), foi feito provisioriamente por causa das obras do Expresso DF Sul.

Com a mudança, os ônibus que tranportam passageiros para Santa Maria, Gama, Recanto das Emas, Riacho Fundo I e II, Samambaia, Cruzeiro e Sudoeste – e que utilizavam as plataformas B e F – passaram a ocupar o lugar onde embarcavam os passageiros que vão para cidades do Entorno. Já os coletivos que atendem as cidades do Entorno, como Valapraíso, Cidade Ocidental, Luziânia, Santo Antônio do Descoberto, Águas Lindas e Planaltina de Goiás – e que ocupavam as plataformas D e E – foram remanejados para a plataforma superior, próximo ao Touring Club do Brasil. Para auxiliar  na mudança, agentes da Polícia Militar, do Transporte Urbano do Distrito Federal (DFTrans) e da Secretaria de Transporte se revezam nesta manhã para informar a população.

Contudo, muitos motoristas de ônibus do Entorno não sabiam das mudanças. Desinformados, alguns condutores chegaram a desembarcar os passageiros na parada em frente ao Teatro Nacional, o que provocou uma pequena discussão com os funcionários do DFTrans, que ameaçaram multá-los caso não parassem nos locais corretos.

Segundo o diretor-técnico do DFTrans, Lúcio Lima, o órgão realizou uma reunião com todas as empresas do Entorno na última sexta-feira (7/3), mas segundo elas “não houve tempo hábil para informar todos os motoristas”. Além disso, Lima reclama da falta de apoio da da Agência Nacional de Transpores Terrestres (ANTT), para auxiliar na fiscalização da frota do Entorno.

Apesar dos transtornos registrados nesta manhã, Lima faz uma avalização positiva do primeiro dia útil com as mudanças na rodoviária. ” Estamos monitorando, fiscalizando; o grande teste será o pico da tarde, quando os passageiros estão voltando para casa, mas a avaliação é positiva”, ressalta Lima.