Obra do balão do aeroporto de Brasília é entregue sem iluminação

0
232

A Carreta da Mulher ficará estacionada no Guará até o próximo dia 16. A unidade, que atende a região pela quarta vez, está em frente ao Centro de Saúde nº 01 e funcionará das 7h às 12h e de 13h às 17h.

 As pacientes foram agendadas com antecedência pelo Centro de Saúde nº 03, que ainda não tinha sido contemplado com vagas para a unidade móvel. No Centro de Saúde nº 01, não serão distribuídas senhas para agendamento dos exames. No entanto, todos os dias, os encaixes do dia serão marcados pela manhã.

 A política de agendamento foi adotada pela Diretoria de Atenção Primária à Saúde do Guará desde a segunda vez em que a Carreta esteve no Guará/ Estrutural. O sistema tem como objetivo alcançar o público-alvo do programa e os moradores da região. Vanusa Oliveira, gerente de Políticas e Programas da Atenção Primária, afirma que essa foi a melhor maneira de alcançar e acompanhar as pacientes.

 “Na primeira vez que a Carreta veio, tivemos problemas com as pacientes, porque muitas que eram da nossa região não conseguiam marcar porque vinham pacientes de outros lugares do Distrito Federal. Corrigimos isso, e hoje, temos a certeza de que a nossa paciente conseguiu realizar os exames de que precisava”, declarou.

 Com mais essa visita ao Guará, serão 12 mil pacientes da Regional que já passaram por algum tipo de exame. Sandra Carneiro, gerente do Centro de Saúde nº 03, destacou que a demanda pelos serviços da unidade móvel são sempre grandes. Ela disse, ainda, que infelizmente muitas mulheres que são marcadas para a prevenção deixam de ir, e acabam sobrando vagas.

 “Todos os exames que passam pela regulação têm uma grande procura, ninguém quer ficar esperando. As mamografias e as ecografias são marcadas por lá, mas também são feitas na unidade móvel. Quando divulgamos que a Carreta estará aqui, a paciente procura logo a marcação porque sabe que terá o atendimento rápido e o resultado em até uma semana. Ela se anima para fazer. Já a parte de prevenção que é feita no Centro de Saúde é baixa, e tem mulheres que mesmo marcando não aparecem”, afirmou.

 A paciente Josélia Maria Simões, 63 anos, apesar de ter perdido duas irmãs para o câncer de mama, nunca tinha feito uma mamografia e elogiou o atendimento. “Fiquei sabendo pela propaganda e quando fui à ginástica que faço no Centro de Saúde nº 03, o pessoal acabou avisando e eu me interessei em fazer, ainda mais pela comodidade de ser marcado. A enfermeira marcou e eu vim fazer. Foi tudo certinho. Às 13h, tenho que voltar para a avaliação médica”, afirmou.

 EXAMES:

– As mamografias não precisam de solicitação médica para mulheres de 50 a 69 anos. Fora dessa faixa etária, só com o pedido médico.

– O preventivo, para aquelas que já tenham tido relações sexuais.

*Resultado: o profissional responsável fornecerá um protocolo e as orientações necessárias para a retirada do exame.

– As ecografias (tireóide, vias urinárias, abdômen total e superior, transvaginal, obstétrica, mamária e pélvica) necessitam do pedido médico. O resultado sai no mesmo dia.

 De 19 a 23 de maio a Carreta da Mulher estará na Estrutural.

Fonte: Alô