Óleo que vazou no Lago Paranoá veio do Hran, afirma presidente da Novacap

0
271

O óleo que atingiu o Lago Paranoá na tarde desta quarta-feira (16/10) veio do Hospital Regional da Asa Norte (Hran), informou o presidente da Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap), Nilson Martorelli.

De acordo com Martorelli, o Instituto Brasília Ambiental (Ibram) investiga se o vazamento veio de uma caldeira do Hran. “Infelizmente é uma fatalidade, podia ter acontecido com qualquer tipo de empresa ou órgão”, disse o presidente.

Para a limpeza e contenção do óleo, o Ibram solicitou o apoio da Novacap, que ajudará na limpeza somente das encostas. A Novacap promete fornecer o pessoal e maquinário necessário.

No entanto, o Secretário de Saúde, Rafael Barbosa, diz achar pouco provável o óleo ter origem no hospital pela extensão do vazamento. “Naquela região tem muitas obras de recapeamento que podem ter provocado o dano. Ainda estamos esperando um laudo da área ambiental para chegar a uma conclusão”, afirma.

Uma análise do superintendente de Licenciamento e Fiscalização do Ibram, Aldo Fernandes, que leva em conta resíduos em micropartículas, prevê que o óleo pode levar até 15 anos para ser totalmente retirado.

A Secretaria de Comunicação do Governo do Distrito Federal informa que ainda não há uma conclusão sobre as causas do acidente e que é preciso aguardar análises laboratoriais que estão sendo realizadas pela Caesb. O laudo deve sair amanhã.