Por falta de servidor, farmácia pública do DF fica fechada até 1º de março

0
169

Estabelecimento funciona dentro do Centro de Saúde 14 do Cruzeiro Velho. Funcionários estão de atestado ou se aposentando, informou secretaria.

Cartaz afixado em porta de farmácia pública do DF (Foto: Jamile Racanicci/G1)

Cartaz afixado em porta de farmácia pública do DF (Foto: Jamile Racanicci/G1)

Com os servidores de atestado ou se aposentando, uma farmácia pública que funciona dentro de um centro de saúde no Distrito Federal vai ficar com as portas fechadas até 1º de março. A medida começou no dia 16 de fevereiro. Um cartaz colado na porta do local, no centro 14 do Cruzeiro Velho, avisa a população.

Pacientes recorrem ao estabelecimento para retirar remédios gratuitamente. A Secretaria de Saúde não informou quantas pessoas retiram medicamentos no local diariamente nem o número regular de funcionários.

O militar Marcelo David, de 39 anos, frequenta o posto mensalmente para obter medicação para controlar a pressão alta. Ele se disse surpreso com a situação e criticou a falta de orientações em relação a como pegar os remédios. “É um aviso muito curto, muito grosso, mostra um desrespeito com os usuários”, diz.

Em nota, a Secretaria de Saúde recomentou que os pacientes busquem outra unidade. “Durante este período, os usuários poderão utilizar a farmácia do Centro de Saúde 9, no Cruzeiro Novo, que está funcionando até as 21h.”