Saiba como transferir ou revender ingressos da Copa das Confederações

0
479

O torcedor que comprou ingressos para a Copa das Confederações e se arrependeu ou não poderá ir aos jogos tem a chance de transferi-los ou tentar revendê-los. A Fifa criou em seu site uma Plataforma de Transferência e Revenda de Ingressos. Mas também é possível fazer os pedidos, até três dias antes dos jogos, em um centro oficial de venda de ingressos das cidades-sede.

A organização criou uma série de regras para impedir o comércio irregular.

Todo ticket contém o nome do comprador. Por isso, é preciso pedir autorização para passá-lo a um convidado. O torcedor deve enviar um requerimento de transferência e não precisa pagar nenhuma taxa por isso.

É preciso declarar o motivo da transferência. A Fifa aceita, por exemplo, que o comprador dê o ingresso para um parente. Também permite a transferência para outras pessoas se o torcedor estiver com problemas de saúde, não tiver conseguido visto para o Brasil e estiver proibido de viajar. Eventos de força maior, morte de parente e alterações de circunstâncias pessoais também serão considerados.

O centro de ingressos poderá pedir documentos para validar o processo. No caso de transferências de ingressos de meia-entrada o novo titular terá que mostrar a carteirinha de estudante.

Se o comprador não for usar todos os seus ingressos, poderá enviar à Fifa um pedido formal para revenda. Não é preciso apresentar nenhum motivo para isso. No entanto, há riscos: a federação não garante que a entrada será revendida e não devolverá o dinheiro pago.

Quem comprou pela internet e não teve o ingresso impresso, pode fazer a solicitação de revenda pela internet ou em centros de venda. No caso de entradas já impressas, será preciso levá-las a um balcão de atendimento da Fifa. Neste último caso, será cobrada uma taxa de administração relativa a 10% do valor do ingresso (valor nominal).

A entidade não se responsabiliza pelos ingressos comprados fora dos meios oficiais.

Venda de ingressos

As vendas de entradas estão na fase final e terminam em 30 de junho. Segundo balanço parcial, divulgado na última semana, já foram esgotadas as entradas de pelo menos cinco das 16 partidas. Entre elas, a de abertura, em Brasília, e a final, no Rio de Janeiro.

A Copa das Confederações começa no dia 15 de junho, com partida entre Brasil e Japão, em Brasília.