Shopping irá processar jovens depois de rolezinho

0
306

Após  prejuízos causados pelo fechamento antecipado no sábado, os responsáveis pelo Gama Shopping anunciaram que tentarão obter na Justiça uma reparação dos organizadores do rolezinho feito no centro comercial. Cerca de 300 pessoas, a maioria adolescentes, provocaram uma confusão no estabelecimento no fim da tarde. Como o evento estava marcado originalmente para 1º de fevereiro, os responsáveis pelo shopping temem um novo encontro. Para o próximo sábado, há também rolés marcados no ParkShopping e no Taguatinga Shopping, ambos às 14h.

O administrador do Gama Shopping, Antônio Francisco Gonçalves Júnior, informou ontem que reforçará a segurança no próximo fim de semana, além de tentar obter na Justiça uma compensação financeira. “Iremos à delegacia registrar o Boletim de Ocorrência. Já temos os organizadores identificados. Vamos processá-los para obter uma reparação dos nossos prejuízos”, informou. A estimativa é que as 220 lojas deixaram de faturar R$ 1 mihão.

O Gama Shopping também tentará garantir na Justiça que não haja rolezinhos no local no próximo sábado. “Vamos ingressar com um mandado de segurança. O shopping e os lojistas não podem suportar outro prejuízo como esse no próximo sábado”, destacou. O evento Rolezinho no Gama Shopping, originalmente marcado para o próximo sábado, havia sido deletado da rede social na tarde de ontem.

(Foto: Ilustrativa)